Atleta que levou o nome da Paraíba a competição nacional é rejeitada por políticos da cidade onde mora, no Sertão

Atleta que levou o nome da Paraíba a competição nacional é rejeitada por políticos da cidade onde mora, no Sertão
Um caso vergonhoso vem chamando a atenção dos desportistas de todo o Vale do Piancó, no Sertão da Paraíba. Uma atleta natural de Itaporanga, mas que mora há anos na cidade de Piancó, vem sendo ignorada por políticos locais, e principalmente pelo Poder Executivo da cidade onde mora.
 
O fato é que durante esta semana, um vereador da Câmara Municipal de Piancó, apresentou um requerimento pedindo ajuda financeira, como incentivo ao esporte, para a jovem Rafaela Wilka que recentemente representou a Paraíba no Campeonato Brasileiro de Luta Olímpica, e na oportunidade conseguiu a medalha de bronze no estilo livre, mas foi fortemente criticado por um líder da base do Prefeito Sales Lima.

Segundo a atleta Rafaela, o problema vem acontecendo em decorrência do custeio de suas passagens ao Rio de Janeiro, que foi pago pela Prefeitura de Itaporanga e pouco tempo depois ela teria ido até a sua cidade natal para agradecer a força e o incentivo ao esporte na região.
 
Rafaela disse que o líder da bancada de situação, o vereador Pádua Leite, teria dito: “Vá pedir ajuda na sua cidade, você não é daqui, vá procurar o seu prefeito” e com isso ela teria ficado muito triste, pois estava sendo ignorada por aqueles que representam a cidade onde escolheu para morar.
 
O caso vem tomando maiores proporções, após a atleta ter publicado seus sentimentos por meio das redes sociais, aonde os próprios moradores da cidade de Piancó, lhe incentivam a não desistir e buscar apoio em outras searas. “Agradeço de coração aos meus amigos piancoenses, todos me apóiam, com exceção dos que se dizem representantes do município, em especial aos da bancada de situação do Prefeito Sales”, comentou Rafaela.
 
Em depoimento, o Vereador Jose Luiz (Neguinho), disse que o pronunciamento do seu companheiro Pádua é lamentável. “O Vereador Pádua Leite disse que a Prefeitura de Piancó não ajudaria a atleta porque ela não é atleta Piancoense”, lamentou Neguinho.
 
Perseverante, Rafaela disse que não iria parar de buscar ajuda financeira para levar o nome da Paraíba para o Brasil. À atleta disse que está dependendo das ajudas para disputar o Campeonato Brasileiro Universitário.
 

Fonte: DiamanteOnline