Assessor de Genival Matias insinua que filiada mentiu para o marido sobre candidatura no PT do B

Assessor de Genival Matias insinua que filiada mentiu para o marido sobre candidatura no PT do B

O assessor do deputado Genival Matias (PT do B), Alisson, rebateu as acusações contra o deputado feita por uma filiada do partido que o acusou de falsidade ideológica e afirmou que foi um mal entendido e falta de comunicação das partes que estão acusando o partido.


Alisson afirmou que a confusão foi apenas uma falta de informação e destacou que ‘ninguém pode tirar foto dela’, pois é obrigado a ter uma foto 3x7 e encaminhar ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), xerox de todos os documentos. “Ela tem que assinar toda a documentação e encaminhar ao TRE, depois ela decidiu que não seria mais candidata e foi encaminhada a desistência ao TRE.


O marido da filiada, Analice Lima, Vamberto Lima, destacou que o caso foi parar no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e que não foi comunicado nada a sua esposa, mantendo a versão de que houve falsificação da assinatura. O assessor questionou porque a mulher não estava fazendo a denúncia, mas sim o marido.


Irritado, Vamberto afirmou que a esposa é hipertensa e que não é fantoche e afirmou que vai com o caso para a Justiça. Desdenhando do homem, o assessor insinuou que a esposa escondeu o fato de ter se candidatado do marido e acusou ‘falta de comunicação entre eles’, além disso, Alisson disse que o assunto deveria ser ‘tratado dentro de casa’.

 
 
 
 


Marília Domingues