Assembleia vai lançar campanha contra Aedes aegypti

Assembleia vai lançar campanha contra Aedes aegypti

A Assembleia Legislativa do Estado vai lançar uma campanha contra o mosquito Aedes aegypti, responsável pela propagação da Dengue, Chikungunya e Zika vírus. Durante a abertura dos trabalhos do ano de 2016, o presidente da Casa, Adriano Galdino, propôs engajamento dos três poderes e da sociedade para combater a proliferação do mosquito, que pode ser feito por cada cidadão dentro de sua residência.

“Vamos iniciar uma campanha para debater o assunto dentro do Poder Legislativo para discutir o assunto de forma esmiuçada e ao mesmo tempo potencializar nossos canais de comunicação com a sociedade para alertar sobre as doenças e as complicações, como a microcefalia”, alertou o presidente.

Adriano Galdino também destacou que a médica responsável pela descoberta dos casos de microcefalia em bebês estão diretamente ligado à mãe ter pego Zika durante a gestação deverá ser convidada pela Casa para falar sobre o assunto e homenageada pela importante pesquisa. “Ela é merecedora do Prêmio Nobel de Medicina por sua descoberta”, definiu.

Já o presidente da Comissão de Saúde, deputado Ricardo Barbosa, destacou que a Zica é o grande desafio da comissão para o ano de 2016. “Medidas emergenciais contra o mosquito Aedes aegipty serão temas centrais defendidos pela comissão”, destacou.

Ainda segundo o deputado, a Comissão de Saúde da Assembleia debateu de forma pioneira a propagação do vírus Zika e sua relação com os casos de microcefalia relatados no estado. “O Zika vírus tornou-se uma preocupação mundial e para este ano de 2016 já demos entrada em alguns requerimentos convocando audiências públicas e sessões especiais para retomar imediatamente o debate sobre a questão da microcefalia”, revelou o presidente da comissão.

Ricardo Barbosa alertou também para o retorno das discussões  a respeito da legalização do aborto em casos de gestantes, cujos bebês sejam diagnosticados com microcefalia, tema este que também estará na pauta da Comissão de Saúde da Casa de Epitácio Pessoa este ano. “A assembleia não pode ficar fora desse debate. A Paraíba é o segundo estado em número de casos no país e nós vamos fazer este debate”.

O presidente da Comissão de Saúde da ALPB lembrou a importância da médica Adriana Melo, a primeira profissional de saúde a relatar o aumento nos casos de crianças nascidas com microcefalia na Paraíba e sua possível relação com o Zika vírus. Ricardo Barbosa defendeu também a entrega da mais alta honraria da Assembleia Legislativa à médica. “Procurei o presidente Adriano Galdino e combinamos de fazermos uma ação conjunta e homenageá-la pelo conhecimento e pelo trabalho científico desta brilhante e estudiosa médica paraibana da cidade de Pocinhos e que reside em Campina Grande”. afirmou Ricardo Barbosa.

 

 

 

- See more at: http://www.al.pb.gov.br/20974/assembleia-vai-lancar-campanha-contra-aedes-aegypti.html#sthash.9apkKzkr.dpuf