Assembleia Legislativa discute problemas no atendimento dos planos de Saúde na Capital

Assembleia Legislativa discute problemas no atendimento dos planos de Saúde na Capital

Durante sessão ordinária desta quarta-feira (13), os deputados da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) se manifestaram sobre os problemas no atendimento oferecido pelos planos de saúde na Capital. Na ocasião, os deputados também destacaram as atividades da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Telefonia Móvel, além de prestar homenagens na data de promulgação da Lei Aurea.

A discussão sobre os serviços oferecidos pelas operadoras de planos de saúde começou quando os parlamentares apoiaram o deputado Gervásio Maia que passou por uma espera demasiada para ter um familiar atendido, na noite anterior, em um dos maiores hospitais de João Pessoa.

O presidente da Casa, Adriano Galdino, pronunciou-se sobre o tema e destacou que condições de atendimento oferecidas pelas operadoras de planos de saúde no Estado precisam de melhorias urgentes. “Não foi a primeira reclamação que recebemos sobre a demora no atendimento destes planos, expondo a população ao descaso e demonstrando a falência iminente dessas operadoras no Estado”, asseverou o parlamentar.

Ainda na manhã desta quarta-feira, o Plenário da Casa apreciou e votou durante a sessão ordinária 123 matérias, entre requerimentos e projetos de lei.

CPI da Telefonia recebe Anatel

Os trabalhos executados pelos deputados que fazem parte da CPI da Telefonia durante as reuniões ordinárias da Comissão têm recebido destaque nas sessões do Plenário. Na última terça-feira (13) a CPI recebeu representantes da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para prestar esclarecimentos sobre os serviços oferecidos pelas operadoras de telefonia do Estado.

Para Adriano Galdino, a atuação da CPI é um exemplo de condução dos trabalhos parlamentares e declarou que os parlamentares precisam ser a voz dos consumidores. “Acompanhei a Comissão funcionando com entusiasmo, até as oito horas, com a presidência de João Gonçalves e presenças de Camila Toscano e Bosco Carneiro que estão orgulhando esta Casa. Considero este tema de suma importância pois é sabido que o povo paraibano está sendo lesado por essas operadoras que não têm compromisso nenhum com a qualidade dos serviços. Devemos ser a voz em defesa dos consumidores”, declarou o presidente.

Dia da Abolição da Escravatura

Neste dia 13 de maio é comemorado o Dia da Abolição da Escravatura. Em decorrência da data, durante a sessão, os deputados manifestaram apoio às lutas centenárias dos negros no transcorrer da história do país.

Na abertura da sessão ordinária, o presidente da Casa, Adriano Galdino proferiu um discurso sobre o tema afirmando que o país ainda não oferece a plena garantia de direitos e cidadania. “Fomos o último país do mundo a reconhecer os negros como seres humanos. Apenas há pouco mais de 127 anos os negros foram tidos como detentores dos mesmos direitos que as pessoas de pele clara. Temos uma dívida com esta população”, declarou Galdino.

A deputada Estela Bezerra também declarou seu apoio às lutas dos negros no país e afirma que a Casa tem o dever de atentar para essas causas. “Temos o dever de produzir organismos que favoreçam a igualdade social”, Estela Bezerra.

 

 

 

Assessoria