Assembleia inicia campanha Outubro Rosa com Audiência Pública sobre o câncer de mama

Assembleia inicia campanha Outubro Rosa com Audiência Pública sobre o câncer de mama

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) abriu, nesta quarta-feira (7), a campanha “Outubro Rosa 2015” com a realização de uma Audiência Pública, tendo como objetivo de discutir sobre ações e combate ao câncer de mama na Paraíba.

O evento, que foi uma propositura da Mesa Diretora da Assembleia, teve a participação do presidente da Assembleia, Adriano Galdino. Para o deputado, a Casa de Epitácio Pessoa participa deste movimento com o objetivo de conscientizar as mulheres paraibanas e toda sociedade sobre o tema.

"Estamos aqui para fortalecer este debate, não só para todas as mulheres, em especial as funcionárias da Assembleia. Temos que preparar a mulher para a importância da prevenção dessa doença que é o câncer, em especial o de Mama, que mais atinge as mulheres", detalhou o presidente da ALPB.

A presidente da Associação Promocional do Poder Legislativo (APPL), Eliane Galdino também participou da solenidade. E participaram ainda da Audiência a deputada Estela Bezerra, o deputado Charles Camaraense, Antônio Mineral, João Gonçalves, Camila Toscano, Ricardo Barbosa, Renato Gadelha, Janduhy Carneiro, Buba Germano e Olenka Maranhão.

Também prestigiaram a ação, a secretária de Estado da Mulher e da Diversidade Humana,Gilberta Soares; o prefeito de Picuí, Acácio Araújo; e a presidente da Câmara Municipal de Patos, Nadir Rodrigues Guedes. 

A presidente da APPL aproveitou a ocasião para destacar que a campanha Outubro Rosa e o Novembro Azul são oportunidades excelentes para os gestores abraçarem a causa em prol da divulgação dessa iniciativa. "Essa doença tão temerosa que é o câncer de mama necessita de ações para divulgar cada vez mais a importância da prevenção", ressaltou Eliane Galdino.

O deputado Ricardo Barbosa usou a tribuna para falar sobre a cirurgia que fez há menos de dois meses para a retirada de um câncer. "Recebi essa semana que estou curado da minha doença e vim aqui para dizer que há um mistério muito grande em torno do câncer, mas faço do meu testemunho uma lição para que as pessoas possam fazer a prevenção à doença", disse.
 
Já a deputada Estela Bezerra destacou o papel psicológico que tem de existir para as mulheres vítimas de câncer. "Essa doença causa um impacto violento na auto estima das mulheres e é necessário apoio do poder público e da família. Não é uma doença fácil de ser enfrentada. Muitos casamentos terminam por falta de um auxílio psicológico", avaliou.

O lançamento da campanha também contou com a participação de servidores da Casa e pessoas ligadas à saúde no Estado, além da palestra da médica mastologista Cristiane Santos de Araújo, que trabalha em Campina Grande e na região do Curimataú paraibano.

Ela revelou que este ano já foram registrados no Estado 750 novos casos da doença, sendo que 260 somente em João Pessoa, e foram registrados 143 mortes em função de câncer de mama. 

Durante o evento, foram homenageadas três servidoras que passaram por problemas de câncer de mama, mas conseguiram vencer a doença.  No Brasil, 20,8% dos casos diagnosticados de câncer são de mama.
 

 

 

 

 

Assessoria