Assembleia aprova Projeto de Resolução que disciplina liberação de passagens aéreas e outras 62 matérias

Assembleia aprova Projeto de Resolução que disciplina liberação de passagens aéreas e outras 62 matérias

A Assembleia Legislativa da Paraíba aprovou 63 matérias na manhã desta terça-feira (9), durante a 36ª sessão ordinária da atual legislatura. O assunto de destaque foi o Projeto de Resolução que estabelece normas para a concessão de passagens áreas aos parlamentares e servidores da Casa. O projeto estabelece que os deputados tem direito a duas passagens aéreas a cada três meses. Para solicitar a passagem, o deputado deverá remeter um memorando à Presidência da ALPB com informações sobre o trajeto, datas e horários da viagem.

Outro Projeto de Lei aprovado nesta terça dispõe sobre a obrigação dos comerciantes paraibanos que vendem bicicletas de incluir nas notas fiscais o número de registro do referido produto adquirido, além do nome completo do cliente. O autor do projeto, o deputado Ricardo Barbosa, destaca que a lei cria um sistema estadual de prevenção a furtos de bicicletas similar a um existente no Rio de Janeiro.

Dentre as matérias aprovadas, consta requerimento do deputado Jeová Campos solicitando que a Sessão Especial com o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occi, agendada para o próximo dia 12, às 10 horas, seja realizada no Espaço Cultural José Lins do Rego, sob a coordenação da Frente Parlamentar da Água. A sessão vai debater e conhecer os encaminhamentos emergenciais em relação à crise hídrica que assola a Paraíba.

Ainda na manhã desta terça-feira, o deputado Nabor Wanderley registrou voto de pesar pelo assassinato do cabo Ubirajara, policial militar da cidade de Patos e parabenizou o trabalho da Polícia Militar pela prisão imediata dos criminosos que realizavam assalto a um posto de combustível em Patos.

O deputado Buba Germano registrou a presença de ministros na Paraíba nos próximos dias e reclamou do governo federal a queda nos repasses de recursos. "O déficit com a Paraíba é grande, estados e municípios estão sendo penalizados", comentou. O parlamentar cobrou mais união da bancada federal para que lute por mais recursos para o Estado.

 

 

 

Assessoria