Aprovada verba para execução do ramal da transposição no Vale Piancó

Aprovada verba para execução do ramal da transposição no Vale Piancó

O Senador Raimundo Lira (PMDB-PB) anunciou nesta sexta-feira (26) a aprovação, por parte do Banco Mundial, do financiamento das obras do Ramal Piancó, no projeto de transposição de águas do Rio São Francisco.

 

O prazo de execução do projeto é de seis meses. O anúncio se deu após ele receber, na qualidade de presidente da Comissão Temporária para Acompanhamento das Obras de Transposição, Nota Técnica do Ministério da Integração Nacional confirmando a informação.

“O sonho do ramal Piancó agora e realidade, para a alegria dos paraibanos, dos sertanejos, do povo do Vale do Piancó, da região de São Bento. O Banco Mundial acaba sinalizar positivamente que, até o mês de março, mandará a aprovação definitiva para o financiamento desta grande obra. Com isso, o processo de licitação se dará até o segundo semestre de 2016 e a contratação da obra, no primeiro semestre de 2017”, disse Lira.

Segundo ele, a notícia é motivo de comemoração, pois o Ramal Piancó vai ampliar o número de municípios paraibanos beneficiados com a transposição.

“A Paraíba é o estado mais beneficiado com a transposição, que levará água para 90 municípios. E, com o Ramal Piancó, serão quase 110 municípios beneficiados. Temos que comemorar com alegria esta grande notícia, para a Paraíba e para o nosso povo”.

Em julho de 2015 Lira já havia assegurado os projetos de Viabilidade Econômica e de Impacto Ambiental, junto ao Governo Federal, para permitir a construção do Ramal, que terá extensão de 30 km e abastecerá o conjunto de barragens Coremas/Mãe D’água, o maior do Estado, com aproximadamente 1,1 bilhão de metros cúbicos de água. 

Para Lira, a construção do sistema adutor Piancó, no Eixo Norte das obras, é de fundamental importância, tendo em vista que vai garantir a capacidade de armazenamento do sistema de reservatórios Coremas/Mãe D’água.

Paraíba e Rio Grande do Norte – E mais: quando houver o excesso de águas da barragem Coremas/Mãe D’água, esse volume vai correr para o Rio Grande do Norte, através do Rio Piranhas, beneficiando a região de São Bento.

Esse sistema, garante Lira, possui a maior acumulação de águas da Paraíba, mas enfrenta dificuldades sempre quando ocorre períodos de estiagem. Os 18 municípios circunvizinhos que compõem o Vale do Piancó formam, de acordo com o IBGE, uma área metropolitana.

A atividade econômica da região se apoia basicamente na agricultura, pecuária e no turismo comercial, setores cujo desenvolvimento deverá se impulsionar com as condições geradas pelo ramal do Piancó.

 


 

Fonte: Assessoria