Apple Watch começa a ser vendido em lojas selecionadas

Apple Watch começa a ser vendido em lojas selecionadas

Um pequeno grupo de japoneses aficcionados em tecnologia fizeram fila em Tóquio para serem os primeiros a comprar o Apple Watch em lojas selecionadas nesta sexta-feira, mas não havia sinal do frenesi que normalmente acompanha o lançamento de produtos da Apple.

Até o momento, consumidores podem obter o dispositivo somente em algumas boutiques sofisticadas e lojas de departamento. Elas incluem a The Corner, em Berlim, Collette, em Paris, Maxfield em Los Angeles, e Dover Street Market em Tóquio e Londres. A Apple procurou as lojas para ajudarem a apresentar o relógio mais como um item de moda do que um dispositivo de tecnologia.

Aparelhado com um iPhone, o relógio permite a usuários checar emails, ouvir música e realizar chamadas telefônicas. Ele também monitora a saúde do usuário, como por exemplo monitorando os batimentos cardíacos ou monitorando calorias durante um exercício físico.

O dispositivo, que tem uma tela fina, ainda não pode ser comprado nas lojas da Apple. Nas últimas duas semanas, a companhia está direcionando pessoas a encomendar online, cortando drasticamente as longas filas de devotos que tipicamente se reúnem em lançamentos de iPhones.

Na loja da Apple na Quinta Avenida, em Nova York, dezenas de consumidores se aglomeraram em volta de displays e demonstrações do relógio. O analista sênior da FBR Capital Markets, Daniel Ives, consultou consumidores nas lojas e disse que cerca de 15 por cento estavam lá para testar ou entender melhor o relógio, o que ele chamou de "um bom sinal inicial".

Críticos dizem que o relógio inteligente poderia tornar a vida mais fácil para pessoas em movimento, mas dão notas fracas para a duração da bateria e aplicativos que carregam lentamente.

 
 
 
 

Reuters