Apple diz que nunca fará iPhones baratos

Apple diz que nunca fará iPhones baratos

Se você é um daqueles que ficaram animados com a possibilidade do lançamento de um iPhone "mais em conta" após a chegada do iPhone 5C ao mercado, é melhor não alimentar muito essa expectativa. Segundo o Tech Radar, o executivo de marketing de produtos da Apple, Greg Joswiak, descartou a comercialização de aparelhos mais baratos.

Produtos como o iPad Air e o iPhone 6 custam (custarão) em média R$ 1.600 e R$ 2.700 no Brasil, respectivamente, e o iPhone 5C, a linha mais acessível de celulares da Apple, não sai por menos de R$ 1.300. Muitos críticos apontam perda de mercado para aparelhos com o sistema operacional Android porque a empresa de Cupertino não cede a fatias mais populares.

"Estamos falando sobre equívocos que a Apple cometeu nos anos 90 e alguns deles foi tentar fazer produtos mais baratos para buscar uma maior fatia do mercado ao invés de uma melhor experiência. Esse é o tipo de erro que você comete uma vez na vida, e não duas", comentou Joswiak, recentemente, durante a conferência Code/Mobile.

Esse pensamento, contudo, não é uma surpresa pra quem acompanha de perto a Apple. A companhia só se fortaleceu desde que passou a construir produtos premium.

"Nosso objetivo é fazer os melhores produtos com a melhor experiência. Acreditamos que se fizermos isso, sempre haverá um mercado saudável. E um mercado saudável não precisa necessariamente significar que temos que ser o líder".

Ao que parece, a Apple parece estar no caminho certo para sua linha de produtos, já que o iPhone 6, mesmo sendo um dos aparelhos mais caros do mercado, bateu recordes de pré-venda na primeira noite em que esteve disponível para os clientes.

 
 

Canal Tech