Após ser empossado no Senado, Raimundo Lira se reúne com Hugo Motta, Manoel Júnior e José Maranhão

Após ser empossado no Senado, Raimundo Lira se reúne com Hugo Motta, Manoel Júnior e José Maranhão

O senador Raimundo Lira (PMDB) renovou o compromisso de lutar pelos interesses da Paraíba e cobrou mais eficiência do poder político. Na tarde da terça-feira (23), ele se reuniu com os deputados Hugo Motta e Manoel Júnior, acompanhados do recém-eleito senador José Maranhão. Os parlamentares tomaram a oportunidade para cumprimentar Lira pelo retorno ao congresso.


Sobre o trabalho que desempenhará ao lado dos demais parlamentares paraibanos, Lira defendeu a máxima eficiência. "A Paraíba, em nome do seu povo, precisa e exige que seus três Senadores estejam sempre atentos e vigilantes na defesa dos seus mais legítimos interesses. É fundamental uma ação eficiente e responsável no âmbito da distribuição equitativa e justa do poder político, econômico e social entre os membros da Federação Brasileira," afirmou.  

Raimundo Lira (PMDB-PB) tomou posse no Senado anteontem. Ele substitui Vital do Rêgo, que assumiu o cargo de ministro do Tribunal de Contas da União. O novo senador parabenizou o colega pelas conquistas no Legislativo e pela trajetória política e já se reuniu com parte da bancada peemedebista paraibana.

Raimundo Lira elogiou o novo ministro por ter angariado, ainda na primeira metade de seu mandato, “tamanho respeito e admiração de seus pares”. “Detentor de uma eficiência administrativa invejável, adicionada a incontáveis qualidades políticas, seja como corregedor desta Casa, seja como presidente da Comissão de Orçamento (CMO) e da Comissão de Constituição e Justiça, Vital tem historicamente construído uma brilhante carreira como homem público”, afirmou.

Ele destacou também o espírito combatente dos paraibanos e citou nomes ilustres do seu Estado, como o ex-governador João Pessoa e os escritores José Lins do Rêgo e Ariano Suassuna.

Lira ocupa a cadeira no Senado pela segunda vez. Foi eleito senador pela primeira vez em 1986, com 59,95% dos votos válidos, a maior votação absoluta ou relativa das eleições para o Senado até então. Como constituinte em 1988, participou da elaboração da Carta Cidadã, cujo eixo legal norteador vigora até hoje. Foi eleito em disputa como o primeiro Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos - CAE, e posteriormente assumiu um segundo mandato da mesma Comissão, já por aclamação dos seus membros. Também presidiu a Comissão Mista de Orçamento.

Dando mostras de suas disposições políticas, Lira reiterou que seus esforços serão no sentido de unificar e fortalecer o PMDB. "Hoje, no PMDB, disponho-me a unir forças com todos os integrantes da legenda para que nossa representação partidária ganhe musculatura política compatível com o tamanho de sua legitimidade eleitoral. A cada eleição, o Brasil e os brasileiros reiteram sua identificação representativa com os ideais e propósitos do nosso partido," declarou o senador paraibano.

O parlamentar, que é economista e empresário, já foi eleito ao Senado em 1986, quando ajudou a elaborar a Constituição e foi presidente da CMO. “Com esse histórico, carrego a modesta opinião de que ainda posso emprestar minhas experiências acadêmicas e empresariais à rediscussão dos projetos estruturais que ainda afetam, e muito, o crescimento econômico da Paraíba e do Nordeste”, disse.


MaisPB com Assessoria