Após quatro altas, dólar fecha em forte queda nesta sexta-feira

Após quatro altas, dólar fecha em forte queda nesta sexta-feira

O dólar fechou em queda de mais de 1% em relação ao real nesta sexta-feira (10), interrompendo uma sequência de quatro altas, em meio ao otimismo com a possibilidade de um acordo na Gréciaapós o país enviar uma nova proposta na véspera.

A moeda norte-americana recuou 2,30%, a R$ 3,1612 na venda. Foi a maior queda diária em mais de três meses. No dia 8 de abril, o dólar fechou a R$ 3,0563. Acompanhe a cotação.

Na semana, contudo, o câmbio subiu 0,69% e, no mês de julho, 1,68%.

"Com notícias de que a possibilidade de acordo com Grécia avança, o dólar vai perdendo o ímpeto que vinha mostrando nos últimos dias", disse à Reuters o economista-chefe do BesiBrasil, Jankiel Santos.

 

Grécia
Na véspera, a Grécia enviou propostas detalhadas de como deve cumprir as condições para receber nova ajuda financeira e o premiê grego, Alexis Tsipras, fez um apelo aos parlamentares de seu partido nesta sexta-feira para que apóiem o plano enviado aos credores.

 

No sábado, os ministros das Finanças da zona do euro vão discutir a dívida grega e se o país precisa de alívio como parte das negociações mais amplas por um resgate.

As chances de que a Grécia possa deixar a zona do euro neste ano caíram nesta sexta-feira, segundo casas de apostas, com uma delas indicando que a probabilidade agora é menor do que em qualquer momento deste ano.

Neste cenário, o dólar recuava diante de outras moedas, como o peso mexicano e o euro. NaChina, o mercado acionário teve forte alta pelo segundo dia seguido, devido a série de medidas de apoio do governo para conter a queda de mais de 30% que atingiu o mercado ao longo de quarto semanas.

 

China
"A bolsa da China fechou novamente em forte alta e parece que as medidas para sustentar a liquidez do mercado de ações estão dando certo", escreveu o operador de câmbio da  Correparti Correrota Jefferson Luiz Rugik.

 

O BC deu continuidade ao seu programa de interferência no câmbio, seguindo a rolagem dos swaps cambiais que vencem em agosto, com oferta de até 6 mil contratos, equivalentes a venda futura de dólares.

Na véspera, o dólar terminou em leve alta, em dia de poucos negócios por conta do feriado da Revolução Constitucionalista, que deixou os mercados fechados em São Paulo, estado que concentra a maior parte do setor bancário do país.

 

Bolsa em alta
O Ibovespa, principal indicador da bolsa, subiu 1,56%, aos 52.590 pontos, em uma sessão que com volume menor de negócios ao ficar espremida entre o feriado em São Paulo na quinta-feira (9) e o fim de semana. Na semana, a alta foi de 0,14%.
 
 
 

 

G1