Após O Globo, Folha também insinua que Veneziano 'fez jogo duplo' na votação para líder do PMDB

Após O Globo, Folha também insinua que Veneziano 'fez jogo duplo' na votação para líder do PMDB

O deputado federal, Veneziano Vital do Rego (PMDB), negou em entrevista ao programa 60 minutos da TV Arapuan que tenha votado em Leonardo Picciani para líder da bancada do partido na Câmara em detrimento do paraibano Hugo Motta, indicação do presidente da Casa, Eduardo Cunha. 

A informação surgiu após o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim ter revelado que os nomes dos vice-líderes de Picciani na Câmara seriam de deputados que teriam votado nele. O próprio Veneziano contestou o jornalista, afirmando que a notícia era uma 'invenção'.  

Porém nesta sexta-feira (26) a Folha trouxe o assunto de volta. Na coluna Painel, o jornal afirma que Picciani ao nomear como vice-líderes deputados que tinham prometido voto no rival, Hugo Motta, ele acabou 'entregando' quem fez 'jogo duplo' na eleição da liderança.

 

Um dos 16 vice-líderes indicados por Picciani foi exatamente o deputado Veneziano. 

 

 

 

 

Paraíba.com.br