Após faltar outra audiência, prefeita Marcília Mangueira pode se complicar

 Após faltar outra audiência, prefeita Marcília Mangueira pode se complicar
A prefeita de Diamante, Marcília Mangueira, segundo informações, apresentou justificativa para não comparecer a audiência na Superintendência da Polícia Federal, no Estado de Alagoas, nesta segunda-feira (10), como determinava intimação lhe encaminhada pela Justiça Eleitoral para a realização do Exame de Verificação de Voz. A gestora responde a uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral), por compra de voto nas eleições de 2012, que pede a cassação do seu mandato. A denúncia é baseada em gravação feita por eleitores em que supostamente aparece a prefeita recebendo dinheiro dado à uma eleitora.
Como já está na terceira audiência que é adiada, desde o ano passado, chega ao Blog Despacho com Decisão Interlocutória, assinada pela juíza eleitoral Drª Andréa Caminha, na última sexta-feira (7) concedendo a última oportunidade, para que não se alegue cerceamento de defesa, à prefeita Marcília Mangueira para a realização do exame. A gestora, que parece fugir dessa audiência como quem foge da cruz, tem cinco dias [o primeiro já se foi ontem] para informar à Justiça Eleitoral a data escolhida para seu comparecimento, dentre as seguintes: dias 10, 11, 12, 13, 14, 17, 18, 19, 20, 21, 24, 25, 26, 27 e 28 de fevereiro e 18, 19, 20, 21, 24, 25, 26, 27, 28 e 31 de março.
 
Fonte Ricardo Pereira