Após falas de defesa e acusação, STF interrompe julgamento sobre drogas

Após falas de defesa e acusação, STF interrompe julgamento sobre drogas
Supremo Tribunal Federal (STF) interrompeu nesta quarta-feira (19) o julgamento que pode descriminalizar o porte de drogas para uso pessoal. A análise será retomada nesta quinta (20), com a leitura do voto do relator do processo, ministro Gilmar Mendes. Ele será o primeiro dos 11 ministros a falar. A decisão final depende da maioria dos votos.
 
Durante a sessão desta quarta, subiram à tribuna do Supremo a defesa e a acusação no processo que levou à condenação de um mecânico que assumiu ser dono de 3 gramas de maconha, caso analisado pela Corte.

 

Também falaram advogados de entidades que não são parte no processo, mas que se apresentaram como "amicus curiae" (amigos da Corte), com interesse em opinar sobre o assunto.

 

 

 

 

G1