Após denúncias de compra de votos, Justiça determina toque de recolher em nove cidades

Após denúncias de compra de votos, Justiça determina toque de recolher em nove cidades

Após denúncias de compra de votos, os juízes das 35ª e 63ª zonas eleitorais, Renan do Vale Melo e Anderley Ferreira Marques, determinaram o toque de recolher nos municípios de Aparecida, Lastro, Marizópolis, Nazarezinho, Santa Cruz, São Francisco, São José da Lagoa Tapada e Vieirópolis.

De acordo com a determinação, a decisão serve para todos os candidatos que disputam as eleições.

Os candidatos estão impedidos de realizarem atividades de cunho político-eleitoral  depois das 22h e antes das 7h até o dia 30 de setembro. A proibição começa a valer a partir desta terça-feira.

A Justiça Eleitoral recebeu várias denúncias dando conta de fechamentos de vias públicas e possível compra de votos durante o fim da noite se estendendo pela madrugada.

Também ficou proibido o uso de fogos de artifício de qualquer modalidade durante o período da campanha eleitoral pois existem registros policiais de casos de arremessos de bombas dentro de residências no período diurno e noturno.

 

 

Paraíba.com.br