Após denúncia de propina, Tovar sugere que Vital do Rêgo renuncie

Após denúncia de propina, Tovar sugere que Vital do Rêgo renuncie

O deputado estadual, Tovar Correia Lima (PSDB) sugeriu, nesta quarta-feira (14), que o ministro do Tribunal de Contas da União (TCU), Vital do Rêgo Filho, renuncie ao cargo após o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, admitir que pagou cerca de R$ 3,8 milhões ao paraibano para  abafar as investigações da CPI da Petrobras, em 2014 quando o mesmo era senador e comandava as investigações sobre irregularidades na estatal.

“Acho que o ministro Vital do Rêgo, como uma parte da imprensa nacional sugere, ele deve renunciar e ao menos se explicar”, disse Tovar Correia Lima.

Para Tovar, não cabe mais o fato de uma denúncia da Operação Lava Jato vir a tona e o denunciado simplesmente ir a televisão e dizer que as acusações são infundadas.

“Já passamos esse patamar e é preciso provar com seus documentos e história de vida que isso não aconteceu. A Lava Jato está em um patamar agora e varias que foram denunciadas vão ter que provar na Justiça e na opinião pública”, afirmou.

 

 

Roberto Targino – MaisPB