Após 62 anos juntos, casal morre com 4 horas de diferença

Após 62 anos juntos, casal morre com 4 horas de diferença

Após passarem quase 62 anos casados, Don e Maxine Simpson, de 90 e 87 anos, não se separaram nem na morte – os dois morreram com apenas quatro horas de diferença, segundo familiares, passando seus últimos momentos juntos.

Os dois moravam na Califórnia, nos Estados Unidos. Melissa Sloan, neta do casal, contou ao jornal “The Bakersfield Californian” que sua avó morreu primeiro. Quando o corpo dela foi levado, seu avô também morreu. O caso aconteceu em 21 de julho.

O casal se conheceu em uma pista de boliche em Bakersfield, na Califórnia, e se casou em 1952. Don, que era engenheiro civil, chegou a trabalhar para o Exército americano na Alemanha.

Os dois adotaram um casal de gêmeos alemães em um orfanato local e retornaram para a Califórnia, onde Maxine trabalhava como enfermeira e Don tinha uma empresa de engenharia.



G1