Após 51 dias e 10 partidas, Vasco volta a vencer; Inter bate o Palmeiras e Atlético ganha do Avaí

Após 51 dias e 10 partidas, Vasco volta a vencer; Inter bate o Palmeiras e Atlético ganha do Avaí

O Vasco mostrou estar vivo no Campeonato Brasileiro. A equipe foi até Campinas e venceu a Ponte Preta por 1 a 0, nesta quarta-feira. O gol da partida foi marcado por Leandrão, já no segundo tempo, quando o Cruzmaltino estava com um jogador a mais em campo após a expulsão de Diego Oliveira.

Com o resultado, o Vasco chega aos 16 pontos, mas continua na lanterna da competição. Porém, o triunfo após 52 dias – última vitória havia ocorrido contra o Fluminense, no dia 19 de julho –, faz o time respirar no Brasileiro. A esperança está renovada.

PONTE PRETA 0 X 1 VASCO

Data e hora: 09/09/2015, às 19h30 (horário de Brasília)
Local: estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Árbitro: Diego Almeida Real (RS)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Nadine Schramm Camara Bastos (SC)
Cartões amarelos: Ferron, Gilson e Diego Oliveira (PON) Herrera (VAS)
Gols: Leandrão, aos 29min do segundo tempo

PONTE PRETA
Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Elton (Juninho) e Adrianinho (Keno); Biro Biro (Cesinha) e Diego Oliveira. Técnico: Doriva

VASCO
Jordi; Madson, Luan, Rodrigo, Julio Cesar; Diguinho (Rafel Vaz), Bruno Galo, Julio dos Santos (Andrezinho) e Nenê; Herrera (Riascos) e Leandrão. Técnico: Jorginho

Avaí 0 x 2 Atlético-MG

Na corrida pelo título do Campeonato Brasileiro e atrás do Corinthians, o Atlético-MG fez o que se esperava dele no duelo com o Avaí, equipe da zona de rebaixamento. O time mineiro venceu por 2 a 0, gol de Luan e Leonardo Silva, ambos no primeiro tempo. E foi na primeira etapa que o time mineiro tomou conta do jogo e definiu a vitória.

Com o resultado, a diferença de pontos entre Atlético e Corinthians caiu apenas para dois. Feito o trabalho em campo, o torcedor alvinegro vai torcer contra os paulistas, que logo depois enfrentam o Grêmio, na Arena Corinthians. Mais do que os três pontos diante do Avaí, o Atlético recuperou o bom futebol na semana do clássico. O jogo contra o Cruzeiro ficou ainda mais decisivo, já que pode valer a liderança da competição.

Se pelo lado atleticano o momento de confiança e expectativa na disputa pelo título, no lado catarinense o momento é de apreensão e medo. O Avaí segue na zona do rebaixamento e não dá sinais de ração no Brasileiro.

FICHA TÉCNICO
ATLÉTICO-MG 2 X 0 AVAÍ

Data: 09/09/2015 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Motivo: 24ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Público: 10.388
Renda: R$ 359.570,00
Árbitro: Luis Teixeira Rocha (CBF-1/RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (Asp. Fifa/RS) e José Javel Silveira (ESP-2/RS)
Cartões amarelos: Leonardo Silva, Thiago Ribeiro e Dodô (CAM) Jéci, Everton Silva e André Lima (AVA)
Gols: Luan aos 12 min e Leonardo Silva aos 30 min do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Jemerson e Patric (Dodô, aos 39 do 2º); Leandro Donizete, Rafael Carioca, Luan, Giovanni Augusto (Thiago Ribeiro, aos 31 do 2º) e Dátolo (Pedro Botelho, aos 16 do 2º); Lucas Pratto.
Técnico: Levir Culpi.

AVAÍ: Vagner; Jubal, Antônio Carlos, Jéci (Rômulo, aos 45 do 1º); Nino Paraíba, Adriano, Pablo, Tinga, Juninho (Everton Silva, no intervalo) e Romário; e Léo Gamalho (André Lima, aos 21 do 2º).
Técnico: Gilson Kleina.


Internacional 1 x 0 Palmeiras

Sem seis titulares, o Palmeiras já entrou em campo no Beira-Rio nesta quarta-feira com uma missão difícil diante do Internacional; a expulsão de Leandro Almeida logo aos dois minutos da segunda etapa não ajudou. Os gaúchos controlaram a partida, venceram por 1 a 0 e se aproximaram do G-4.

Não foi uma grande partida do Inter, que, mesmo com um jogador mais, jogou partida de forma lenta, calculada, e não procurou fazer mais gols - no final recuou e chegou a ser pressionado depois de ter também um expulso. Ainda assim, são três pontos, que levam os comandados de Argel a 34 pontos – mais perto do G-4, mas ainda na parte intermediária da tabela.

O alviverde, por sua vez, paga o preço pela oscilação e fica estacionado nos 35 pontos. É a terceira partida seguida do time de Marcelo Oliveira sem vitória no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA 

INTERNACIONAL X PALMEIRAS

Data/Horário: 09/9 - 19h30
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Bruno Boschilia (PR) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Cartões amarelos: D'Alessandro, Paulão, Réver (Internacional); Leandro Almeida, Vitor Hugo (Palmeiras)
Cartão vermelho: Leandro Almeida (Palmeiras)

INTERNACIONAL: Muriel, William, Paulão, Réver e Artur; Rodrigo Dourado, Nilton, D'Alessandro (Alex) e Valdívia (Taiberson); Eduardo Sasha (Lisandro Lopez) e Vitinho. Técnico: Argel Fucks

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Leandro Almeida, Vitor Hugo e João Paulo (Mouche); Andrei Girotto (Allione) e Thiago Santos; Zé Roberto, Rafael Marques, Cristaldo e Alecsandro (Jackson) Técnico: Marcelo Oliveira

 

 

 

Uol