Após 14 anos, Tribunal Regional Federal absolve Carlos Dunga no caso da 'máfia das ambulâncias'

Após 14 anos, Tribunal Regional Federal absolve Carlos Dunga no caso da 'máfia das ambulâncias'

O ex-deputado federal Carlos Dunga foi absolvido no processo que ficou conhecido como 'máfia das ambulâncias'. A denúncia foi feita há 14 anos e a decisão foi do Tribunal Regional Federal que reconheceu que o parlamentar não teve nenhuma participação no esquema que fraudava licitações para aquisição de ambulâncias com o dinheiro de emendas parlamentares.  

Na Paraíba, o deputado foi condenado com a perda do cargo público; proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefício ou incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de dez; suspensão dos direitos políticos por oito anos e multa.  

Dunga afirmou que está alegre novamente e negou que qualquer prefeitura obteve qualquer imóvel ou ambulância nesse grupo que apresentou a denúncia. 

 

 

 

Paraíba.com.br