API desaprova agressões à jornalistas na Paraíba: “Defenderei minha categoria”

API desaprova agressões à jornalistas na Paraíba: “Defenderei minha categoria”

O presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), João Pinto, desaprovou, neste sábado (5), agressões contra jornalistas paraibanos durante cobertura de ato em defesa do ex-presidente Lula  no Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações do Estado da Paraíba (Sinttel-PB)  na sexta-feira (4).  No episódio, alguns jornalistas, além de serem agredidos, foram  impedidos de entrar no Sinttel, inclusive o repórter do Portal  MaisPB,  Albemar  Santos.

João Pinto disse que na segunda-feira (7) se reunirá com a sua diretoria e poderá emitir uma nota sobre o fato através da página da instituição na internet.

“Eu tenho que defender minha categoria em qualquer cenário. Seja jornalista associado ou a imprensa em geral. Principalmente nesse ano quando os ânimos estão acirrados”, destacou.

De acordo com João Pinto, a imprensa não pode está sendo “atacada” e “culpada” pelo que está acontecendo no país.

Imagens captadas pela equipe da MaisTV mostram  o momento das  agressões.

Os manifestantes culpam a imprensa pelas denúncias de corrupção contra o governo do PT.

 

 

 

 

Roberto Targino – MaisPB