Apesar das vaias, Brasil vence por 1 a 0 com gol de Fred

Apesar das vaias, Brasil vence por 1 a 0 com gol de Fred

Foi com o placar mínimo, mas valeu. A Seleção Brasileira bateu a Sérvia na tarde desta sexta-feira, por 1 a 0, e evitou que a exigente torcida paulista tivesse motivo para vaiar mais um pouco no Morumbi.

O gol de Fred, aos 13 minutos do segundo tempo, aliás, representou essa 'briga' entre time e torcida. Quando os gritos provocativos de 'Luís Fabiano' ecoavam pelo estádio, o zagueiro Thiago Silva achou o camisa 9 na área. Mesmo sentado, o atacante não perdoou e fez o único gol da partida. O gol do alívio. O gol de oportunismo. O gol que calou as críticas no Morumbi.

Um triunfo conquistado com um futebol aquém daquele que todos esperavam, principalmente depois da goleada sobre o Panamá em Goiânia. Os primeiros 45 minutos foram mais de suor do que de bola. As duas equipes mais brigaram do que jogaram. Entradas duras, encaradas, provocações, empurrões, até cotovelada de Neymar...parecia final de campeonato. Chances de gol mesmo... foram poucas.

O Brasil, na prática, teve apenas uma. Com Neymar que, em posição irregular, recebeu na entrada da área e, quando foi chutar, teve a bola tomada por um adversário. Bem menos vezes perto do gol do que os rivais...

Kolarov saiu cara a cara com Julio Cesar, que defendeu o chute e salvou a Seleção Brasileira. Mitrovic recebeu cruzamento e, sozinho, cabeceou para fora. Com perigo. Isso sem falar em brechas da própria equipe de Felipão. O mau futebol fez com que as vaias surgem nos últimos minutos da primeira etapa. Algo normal quando o Brasil atua em São Paulo.

No intervalo, uma alteração que já era esperada: Willian na vaga de Oscar. O panorama era parecido e a torcida paulista gritava o nome de Luís Fabiano, atacante do São Paulo, para ironizar e reclamar do poder de ataque.

Foi aí que Fred respondeu. E como mais sabe: com gol. Aos 13, Thiago Silva lançou para a área. O camisa 9, mesmo, no chão, conseguiu bater forte e abrir o placar no Morumbi: 1 a 0. Fim das vaias.

Na frente do placar, a Seleção Brasileira resolveu diminuir o ritmo. E a Sérvia quase chegou em duas oportunidades quando Felipão começava a fazer as substituições que havia prometido. Mas foi o Brasil que quase marcou de novo, com Hulk. Um dos auxiliares apontou impedimento inexistente do atacante...

Foi a última grande chance de mudança no placar. Brasil não convenceu, mas venceu. E, agora, que venha a Croácia no dia 12! Que venha a Copa!

FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 0 SÉRVIA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data/Horário: 6/6/2014
Árbitro: Enrique Cáceres, Darío Antonio Gaona e Milcíades Saldívar (PAR)
Renda e público: R$ 8.693.940,00 / 63.280 pagantes
Cartões amarelos: Petrovic e Matic (SER)
Cartão vermelho: Não houve

GOL: Fred, aos 13' 2ºT (1-0)

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves (Maicon - 26'/2ºT), Thiago Silva, David Luiz e Marcelo (Maxwell - 29'/2ºT); Luiz Gustavo, Paulinho (Fernandinho - 19'/2ºT), Oscar (Willian - Intervalo) e Hulk; Neymar (Bernard - 35'/2ºT) e Fred (Jô - 29'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

SÉRVIA: Stojkovic; Basta, Ivanovic, Dusko Tosic e Kolarov; Jojic, Tadic (Tosic - 24'/2ºT), Petrovic (Mrdja - 41'/2ºT) e Matic; Mitrovic (Gudelj - 41'/2ºT) e Markovic (Dordevic - 36'/2ºT). Técnico: Ljubinko Drulovic

 

Lance