Anísio ressalta momento de iniciar campanhas e diz que ‘nada vai alterar curso da decisão política tomada’

Anísio ressalta momento de iniciar campanhas e diz que ‘nada vai alterar curso da decisão política tomada’

O deputado estadual Anísio Maia (PT) destacou o registro das candidaturas proporcionais do partido no início da tarde da última terça (4), e majoritária neste sábado (5) minimizou as ‘ameças’ do PMDB em registrar ata constando a presença do PT na aliança e já começa a pensar na campanha que começa segunda (7).

“Fizemos todo o registro de candidaturas majoritárias e proporcionais e vamos partir para fazer a campanha segunda. Cumprimos o prazo, tomamos a decisão, nossa convenção foi pública, publicisada, o momento é outro, não quero mais fazer parte desse debate de quem vai intervir quem não vai. Nada vai alterar o curso da decisão política que foi tomada”, diz.

O parlamentar destacou que não há mais possibilidade de aliança com o PMDB e que agora com o início da campanha caberá à população decidir.

A respeito de um membro da nacional dar entrada na intervenção, Anísio destacou que isso ‘não é verdade e reclamou dos boatos afirmando que ele teria recebido um documento da direção nacional, telefonema de Rui Falcão (presidente nacional), fax, ofício... não recebi nada. Estamos coordenando as decisões tomadas sem mudança do que foi definido’.

Apesar disso, o PMDB registrou sua candidatura com a participação do PT na aliança, assim como o PSB que foi com Lucélio Cartaxo (PT) registrar a candidatura ao senado, completando a majoritária com o governador Ricardo Coutinho (PSB) e a médica Lígia Feliciano (PDT) na vice. 

 
 


Marília Domingues