Anísio quer AL independente e diz que se preocupa em eleição da presidência se transformar em ‘guerra de toma lá, dá cá’

Anísio quer AL independente e diz que se preocupa em eleição da presidência se transformar em ‘guerra de toma lá, dá cá’

Apesar de integrar a base de deputados do governador Ricardo Coutinho (PSB), o deputado Anísio Maia (PT), destacou que espera uma Assembleia Legislativa (AL) independente. “Minha preocupação agora é não transformar a eleição da mesa numa guerra de ‘toma lá, dá cá’”, diz.

Em entrevista ao Sistema Arapuan de Comunicação, o petista afirmou que o partido já tinha participação na mesa diretora da AL nesta legislatura e se preocupa em não transformar a eleição da próxima numa ‘guerra de toma lá, dá cá’.

“Acho que o importante é discutir qual o papel da mesa diretora e da Assembleia. Na minha opinião é o primeiro item essencial. A AL deve continuar sendo órgão independente, nem contra o governo, nem a favor, nem atrelada a ninguém. É o nosso objetivo”, diz.

Depois disso, o deputado frisa também que os ‘pares’ devem se reunir para discutir política para a Mesa e ressalta que é importante continuar a abertura para os movimentos sociais com o já foi feito nesta legislatura sob o comando do deputado Ricardo Marcelo (PEN).

Além disso, Anísio defendeu a criação da TV Assembleia aberta, onde todos os parlamentares sejam tratados de forma igualitária e a população possa acompanhar o trabalho da AL atrave´s de uma rede de comunicação aberta. “Foi promessa do presidente, mas não conseguimos chegar a isso. É essencial para a população conhecer de forma não onerosa. Temos uma cadeia de TV paga, mas nem todo mundo tem acesso, queremos TV aberta para todos os cidadãos. O resto é tudo secundário”, conclui.
 


Marília Domingues / Fernando Braz