Animais soltos na BR: 426 entre Piancó a Santana dos Garrotes

Animais  soltos na BR: 426 entre Piancó a Santana dos Garrotes
 
Quem viaja nas estradas no entorno de Piancó a Santana dos Garrotes tem que conviver com um problema mais grave que é a presença constante de animais nas pistas. Em diversos trechos dessa estrada, os motoristas se deparam com essa triste realidade que pode provocar acidentes que gera de prejuízos financeiros a perda de vidas.
 

 

Tanto no período da noite quanto pela manhã, as presenças de animais como jumento e vacas temem o aumento no número de acidentes na pista.
 
Sem uma política pública para o recolhimento de animais abandonados, quem sofre com este descaso é a população de Nova Olinda, Santana dos Garrotes e Piancó, este ato de irresponsabilidade representa risco de acidentes fatais.
 
A presença de animais nas vias aumenta o risco de acidentes, sobretudo de atropelamentos, o que pode causar danos aos veículos e condutores. Diariamente, são flagrados animais de grande porte passeando pela BR. 
 
De acordo com o motorista José Moises, na BR-426, nos trechos de Piancó e Santana dos Garrotes, o número de animais soltos na pista é muito alto. "Todos os dias eu vejo jumentos, cavalos e vacas soltos na pista. O risco é muito grande, principalmente para os motociclistas que não têm a proteção durante a colisão e o acidente pode ser fatal", disse o motorista.
 
O problema é que a gente nunca acha os responsáveis pelos animais. Os órgãos públicos deveriam tomar medidas sérias antes que o número de acidentes aumente e façam vítimas fatais, porque não existe nenhum tipo de fiscalização e punição para estes casos.
 
FONTE: www.ARYRAMALHO.com