Anastácio apela à Aesa e DNOCS para aumentar capacidade dos açudes do Estado

Anastácio apela à Aesa e DNOCS para aumentar capacidade dos açudes do Estado
O deputado estadual Frei Anastácio cobrou hoje no plenário da Assembleia Legislativa, ações do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS) e da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), para que os açudes e barragens paraibanos sejam limpos e desassoriados, fazendo com que aumente a capacidades dos reservatórios quando houver chuvas. “Encaminhamos um requerimento de apelo ao DNOCS e Aesa solicitando que seja feito o desassoreamento de todas essas barragens que estão secas e quase secas”, afirmou o parlamentar.
 
Segundo dados da Aesa, apenas 37 dos reservatórios estão com capacidade armazenada acima de 20% do seu volume total, 34 estão com menos de 20%, 53 açudes com menos de 5% da capacidade e 22 zeraram suas reservas. “Os locais mais críticos são as barragens de Serra Branca I, em Serra Branca, Chupadouro, em São João do Rio do Peixe e destacar ainda a situação de Patos, que está com a barragem da Farinha com apenas 0,7% de sua capacidade de armazenamento”, ressaltou o Frei Anastácio.
 
O deputado espera que o DNOCS e a Aesa atenda sua solicitação para que os reservatórios ampliem sua capacidade de armazenamento antes que o inverno chegue. “Tenho certeza de que se esses reservatórios tivessem passado por esse serviço ainda estariam com mais água. Agindo em conjunto com a Aesa, garanto que será mais rápido essa ação que poderá aumentar a capacidade de armazenamento de água em nosso Estado”, frizou.
 
 
 
 
 
Assessoria