Amigos e parentes se despedem do escritor Ariano Suassuna; Paraibano morreu ontem aos 87 anos

Amigos e parentes se despedem do escritor Ariano Suassuna; Paraibano morreu ontem aos 87 anos

O corpo do escritor Ariano Suassuna está sendo velado no Palácio do Campo das Princesas, no Recife, desde a noite desta quarta (23). O caixão foi recebido por familiares, como a viúa Zélia Suassuna, amigos e políticos, que participaram de uma celebração religiosa. Ariano morreu no final da tarde, aos  87 anos, de parada cardíaca provocada pela hipertensão intracraniana. O escritor faleceu no Real Hospital Português, onde estava internado deste a última segunda-feira (21), após ter sofrido um AVC hemorrágico.  As portas do palácio, que é sede do governo de Pernambuco, foram abertas ao público por volta das 23h30, meia hora após o previsto inicialmente


Na porta do Palácio, a fila de admiradores, que começou a se formar por volta das 23h, tinha muitos amigos e também fãs da figura pública de Ariano. O policial George Nascimento e sua mãe, Nelma Cristina, encontraram o escritor apenas uma vez na vida, mas guardaram o momento da lembrança. "Foi numa igreja. Vou sempre lembrar da pessoa que ele foi, um exemplo de ser humano", comentou Nelma.

Amiga da família Suassuna e vizinha de rua de Rita Suassuna, mãe de Ariano, a matemática Jeanine Japiassu relembrou os tempos de adolescência. "Conheço ele desde os 13 anos de idade, quando ele já era professor da minha irmã. Ele é e sempre será um ícone, uma pessoa que fez arte, criou movimentos como nenhuma outra aqui no Brasil. Agora, ele deixa um vazio”.

A previsão é que o velório aconteça durante toda o dia e só termine às 15h desta quinta (24). O corpo será enterrado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Grande Recife, por volta das 16h.

Além dos familiares, muitos vestidos com a camisa do Sport Club do Recife, time de coração de Ariano, políticos estiveram na cerimônia de despedida O caixão foi coberto com as bandeiras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde ele foi professor do curso de Letras, do Estado de Pernambuco e do Brasil O ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência, Eduardo Campos; o atual governador do estado, João Lyra Neto, e o candidato ao Senado e ex-ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, além de parentes carregaram o caixão para o hall principal do Palácio. Ariano foi secretário de Cultura de Pernambuco e também assessor especial do governo de Campos.

O último compromisso profissional de Suassuna foi realizado na sexta-feira, quando ele apresentou sua última aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste pernambucano. O velório deve continuar até às 15h desta quinta (24). O corpo será enterrado no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, Grande Recife, por volta das 16h

 

R7