Amiga tramou assalto que terminou com morte de ex-vereador; ela queria R$ 3 mil

Amiga tramou assalto que terminou com morte de ex-vereador; ela queria R$ 3 mil

Três pessoas foram presas, neste sábado (17), em um operação das policiais Civil e Militar acusadas de matar o ex-vereador da cidade de Poço de José de Moura, Antônio Barbosa Fernandes. Uma mulher confessou que arquitetou a morte do ex-parlamentar, encontrado sem vida na última quarta-feira (14), dentro do seu próprio veículo.

De acordo com a Polícia Civil, uma amiga de Antônio, conhecida como Maria Dinda, contou que armou um plano para assaltar o ex-legislador, ao saber que ele sempre andava com dinheiro no carro, mas não combinou a execução.

A suspeita disse que convidou a vítima para um passeio e em certo momento pediu que ele parasse o veículo para fazer necessidades fisiológicas.

Ao sair do veículo, os dois comparsas anunciaram o assalto e levaram cerca de R$ 5 mil e o ex-vereador foi assassinado. A mulher ficaria com R$ 3 mil e cada um dos criminosos R$ 1 mil. A mulher é filha de um ex-vereador de São João do Rio do Peixe.

Também foram presos, Emanuel de Barros, de 56 anos, morador de São João do Rio do Peixe e Carlos Eduardo Gomes, de 36 anos, morador da Zona Rural de Santa Helena. Ao chegar na delegacia, os acusados negaram o crime.

 

 

 

MaisPB