Alexandre Braga (Conceição) foi sugerido para 2ª suplência de Wilson Santiago na chapa com Cássio

 Alexandre Braga (Conceição) foi sugerido para 2ª suplência de Wilson Santiago na chapa com Cássio
O Vale do Piancó viu nas eleições de 2002 o ex-prefeito de Itaporanga [já falecido] Antônio Porcino ser escolhido como segundo suplente do senador eleito José Maranhão (PMDB). Agora, em 2014 a região pode ter outro filho escolhido para compor a chapa de senador, na condição de segundo suplente. Trata-se do ex-prefeito de Conceição Alexandre Braga (na foto ao lado). 
O nome de Alexandre foi ventilado como provável segundo suplente pelo próprio Wilson Santiago (PTB), tendo o ex-deputado federal e ex-prefeito de Campina Grande Enivaldo Ribeiro (PP) como o primeiro suplente. Essa formação da chapa de Santiago foi colocada na mesa durante jantar em Brasília, dias atrás, em que participaram o próprio Santiago, o senador Cássio Cunha Lima (candidato ao governo) e o ex-deputado Benito Gama, que vem a ser presidente nacional do PTB e atual vice-presidente do Banco do Brasil.
A indicação de Enivaldo foi do filho, o ex-ministro e atual deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), que herdaria redutos de Wilson Filho [que sairia da disputa pela reeleição]. Diz Santiago, tem Alexandre Braga na sua total confiança, que assim a chapa atrairia votos com mais facilidade em Campina Grande e no Vale do Piancó. Pelo entendimento, Benito Gama seria o principal padrinho da composição, com a missão, inclusive, de convencer a presidente Dilma de que Santiago seria candidato numa parceria com Cássio mas, uma vez eleito, integraria a sua base no Congresso.
Porém, é aí aonde reside um quiproquó danado porque o senador Cícero Lucena (PSDB), cuja reeleição estaria rifada nesse cenário, coloca para executiva nacional dos tucanos prejuízos quanto a perca de um senador na base de um provável governo tucano, com a eleição Aécio Neves.