Aguinaldo, Temer e líderes discutem PEC dos gastos públicos

Aguinaldo, Temer e líderes discutem PEC dos gastos públicos

A liderança do governo na Câmara informou que o presidente da República, Michel Temer, se dirigiu na tarde deste domingo (9) à residência do líder do PSD, Rogério Rosso (DF), integrante do chamado centrão, para discutir com integrantes da base aliada a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) enviada ao Congresso Nacional que limita o aumento dos gastos públicos.

Dialogaram com o presidente os líderes: Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Rogério Rosso (PSD) e André Moura (PSC).

Na noite deste domingo, Temer também oferecerá um jantar a deputados aliados no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência, para pedir apoio à proposta – segundo a Presidência, são esperados cerca de 200 parlamentares.

A PEC já foi aprovada em uma comissão especial que a analisava na Câmara e o governo articula nos bastidores para que o texto seja votado em primeiro turno ainda nesta semana no plenário da Casa – se aprovado em dois turnos, o texto seguirá para o Senado.

O projeto, enviado no primeiro semestre deste ano, estabelece que as despesas da União só poderão crescer, pelos próximos 20 anos, conforme a inflação do ano anterior. A partir do décimo ano, contudo, o presidente da República poderá propor ao Congresso Nacional uma nova fórmula.

 

 

MaisPB