Agrupamento interno do PT apoia nome de Luiz Couto ou Lucélio Cartaxo ao Senado

Agrupamento interno do PT apoia nome de Luiz Couto ou Lucélio Cartaxo ao Senado

 O Agrupamento interno do Partido dos Trabalhadores denominado PTLM (PT de Lutas e de Massas), realizará no próximo dia 11 de abril, véspera do Encontro Estadual para definição de Tática Eleitoral do PT, seu encontro Estadual e deverá sair com um posicionamento de defesa da aliança com o PMDB já no primeiro turno. 

Segundo Josivaldo Farias, um dos Coordenadores do PTLM na Paraíba, que também é Presidente do Diretório Municipal do PT de Bayeux, a tese da aliança com o PMDB se fortaleceu a partir do racha entre o PSDB de Cássio, com o PSB de Ricardo. Nesse cenário os palanque de Aécio Neves e Eduardo Campos já estão preparados por suas respectivas lideranças estaduais e, por isso, precisamos construir um palanque forte para a companheira Dilma em nossa Paraíba.
 
Diante desse cenário, o PTLM, deverá sair de seu encontro estadual com o indicativo da Aliança já no primeiro turno do PT com o PMDB, em torno do candidatura de Veneziano Governador e, ainda, acompanhando a recomendação do PT Nacional que orienta que quando não tivermos a “cabeça de chapa”, ao invés de indicar candidaturas de vice-governador, temos é que indicar candidaturas ao Senado.
 
Desta forma, precisamos indicar nossos “melhores quadros” e, atualmente temos o entendimento que os nomes dos Companheiros Luiz Couto e   Lucélio Cartaxo são os que mais somam num projeto de fortalecimento do PT na Paraíba se colocando como candidato ao Senado. No caso do Deputado Federal Luiz Couto, entendemos que ainda há tempo dele estabelecer um rompimento com a política suicida da defesa de reeleição do Governador Ricardo Coutinho.
 
O Agrupamento interno do Partido dos Trabalhadores denominado PTLM (PT de Lutas e de Massas), realizará no próximo dia 11 de abril, véspera do Encontro Estadual para definição de Tática Eleitoral do PT, seu encontro Estadual e deverá sair com um posicionamento de defesa da aliança com o PMDB já no primeiro turno.
 
Segundo Josivaldo Farias, um dos Coordenadores do PTLM na Paraíba, que também é Presidente do Diretório Municipal do PT de Bayeux, a tese da aliança com o PMDB se fortaleceu a partir do racha entre o PSDB de Cássio, com o PSB de Ricardo. Nesse cenário os palanque de Aécio Neves e Eduardo Campos já estão preparados por suas respectivas lideranças estaduais e, por isso, precisamos construir um palanque forte para a companheira Dilma em nossa Paraíba.
 
Diante desse cenário, o PTLM, deverá sair de seu encontro estadual com o indicativo da Aliança já no primeiro turno do PT com o PMDB, em torno do candidatura de Veneziano Governador e, ainda, acompanhando a recomendação do PT Nacional que orienta que quando não tivermos a “cabeça de chapa”, ao invés de indicar candidaturas de vice-governador, temos é que indicar candidaturas ao Senado. 
 
Desta forma, precisamos indicar nossos “melhores quadros” e, atualmente temos o entendimento que os nomes dos Companheiros Luiz Couto e Lucélio Cartaxo são os que mais somam num projeto de fortalecimento do PT na Paraíba se colocando como candidato ao Senado. No caso do Deputado Federal Luiz Couto, entendemos que ainda há tempo dele estabelecer um rompimento com a política suicida da defesa de reeleição do Governador Ricardo Coutinho.