Agentes penitenciários se recusam a trabalhar e PM assume segurança do PB1

Agentes penitenciários se recusam a trabalhar e PM assume segurança do PB1
Agentes penitenciários do presídio de segurança máxima, PB1 em Jacarapé, se recusaram a trabalhar nesse domingo (05). Eles alegam falta de condições do material.
 
De acordo com o presidente da associação dos agentes,os profissionais estão trabalhando com armas sem registro, coletes vencidos e sem equipamento de proteção individual adequado.
 
Os agentes também reclamam que a direção do presídio foi retirada de maneira irregular.

Por ser um dia onde geralmente acontece a visita, a Polícia Militar assumiu parte da segurança do presídio. Os parentes só puderam deixar os alimentos e depois tiveram que ir embora. 

A Polícia Militar não se pronunciou sobre o assunto.
 
 
 
 
 
Paraíba.com.br