AESA revela reunião com Integração Nacional e adianta calendário da transposição para fevereiro

AESA revela reunião com Integração Nacional e adianta calendário da transposição para fevereiro

O presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (AESA-PB), João Fernandes, comentou nesta quarta-feira (19), que o Ministério Público da Paraíba (MPPB), em parceria com o Ministério Público Federal (MPF) situado na Paraíba fez um pedido de audiência com o ministro da Integração para além de colocar as preocupações em relação à estiagem, discutir a vinda do ministro às obras de Transposição do Rio São Francisco para uma espécie de prestação de contas. Ele destacou também que a previsão da chegada das águas a Monteiro que seria para o dia 15 de abril, adiantou-se para fevereiro. 

Estarão presentes não só a AESA como também a Agência Nacional das Águas (ANA) e o deputado Rômulo Gouveia, que de acordo com Fernandes, colaborou nas articulações. 

“O ministro disse com todas as letras que será cumprido o compromisso de entregar o caminho das águas de Floresta até Monteiro em dezembro e em fevereiro a água chegará a Monteiro”, disse, lembrando que nesta cidade há um problema com o sistema de esgotamento sanitário, onde parte do esgoto da cidade despeja em um canal de drenagem das águas da chuva e vai parar no Rio Paraíba que é onde serão despejadas as águas do São Francisco. 

De acordo com Fernandes, a prefeitura da cidade e a Fundação Nacional de Saúde já estão articulando a construção de uma estação de tratamento complementar. Dos 18 municípios por onde passarão as águas, nove contrataram diretamente com o Governo Federal e os outros nove com o governo do Estado. Fernandes explicou que o ministério pediu que o governo do estado cuidasse de ver a situação do leito do Rio, assim como em Camalaú que há outro obstáculo. 

“O governo Federal que é o dono da obra disse com todas as letras que vão cuidar de Poções e Camalaú, faz parte do projeto de integração. O DNOCS já está fechando as licitações. 

 

 

Com informações da CBN João Pessoa 
Marília Domingues