Aesa registra chuva acima da média em janeiro no Sertão paraibano

Aesa registra chuva acima da média em janeiro no Sertão paraibano

Cinco cidades do sertão paraibano registraram chuvas acima do previsto para todo o mês de janeiro em apenas oito dias. De acordo com Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa), já superaram a média histórica de 100 milímetros, os municípios de Emas (159,4 mm), Cajazeiras (141,8 mm), Coremas (139,5 mm), Bom Jesus (125 mm) e Piancó (104,5 mm).

As chuvas foram provocadas por um Vórtice Ciclônico de Alto Nível, sistema meteorológico comum durante a pré-estação chuvosa na Paraíba. “Este é principal fenômeno que provoca chuvas no semiárido paraibano. Ele costuma aparecer entre os meses de dezembro e janeiro, podendo se estender até fevereiro. No momento ele continua atuando e a previsão é de mais precipitações, principalmente entre o final desta sexta-feira e a madrugada do sábado”, explicou a meteorologista Carmem Becker.

De acordo como o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva, as chuvas provocaram o aumento do nível de alguns açudes. “Por enquanto podemos destacar o reservatório de Mãe d’Água, que recebeu quase três milhões de metros cúbicos, e açude de Coremas, que acumulou mais de 750 mil metros cúbicos. Nos demais não tivemos grandes recargas, mas estamos esperançosos de que a partir de fevereiro chova com mais frequência e os níveis melhorem significativamente”, elencou.

Dos 124 açudes monitorados pelo Governo do Estado, 31 estão com mais de 20% do seu volume total, 32 tem menos de 20% e 61 estão em situação crítica (com menos de 5% do volume total). 

 

 

Secom-PB