Aécio sobe mas segue longe do segundo turno; Dilma lidera

Aécio sobe mas segue longe do segundo turno; Dilma lidera

A presidente e candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), lidera a disputa pela Presidência da República com 36%, segundo pesquisa do instituto MDA divulgada nesta terça-feira. O levantamento, encomendado pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), aponta que a candidata Marina Silva (PSDB) está em segundo lugar, com 27,4%. O candidato tucano, Aécio Neves, está em terceiro, com 17,6%. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais.

No último levantamento do mesmo instituto, divulgado em 9 de setembro, Dilma tinha 38,1%, enquanto Marina apresentava 33,5% das intenções de voto. O candidato Aécio Neves tinha 14,1%. Considerando a margem de erro, Marina caiu em comparação com a pesquisa anterior e o candidato do PSDB foi o único entre os três que subiu.

A candidata Luciana Genro, do Psol, somou 0,9%, enquanto Pastor Everaldo (PSC), 0,8%. Os outros candidatos somados fizeram 0,8%. Brancos e nulos somam 7,2%. Os entrevistados que não souberam responder ou não responderam representam 9,3%.

Segundo turno

Na simulação de segundo turno, Dilma aparece tecnicamente empatada com Marina, mas agora numericamente à frente. Na disputa entre as duas, a petista teria 42%, contra 41% da adversária. Brancos e nulos somam 11,8% no cenário, enquanto 5,2% não souberam ou não responderam.

Entre Dilma e Aécio, a petista venceria com 45,5% ante 36,5%. Brancos e nulos somam 13,4%, enquanto os indecisos chegam a 4,6%.

No cenário com Marina e Aécio, a candidata do PSB lidera com 43,1%, contra 32,9% do tucano. Os brancos e nulos nesse caso somam 17,4%, enquanto 6,6% não souberam responder ou não responderam.

O levantamento ouviu 2.002 eleitores entre os dias 20 e 21 de setembro em 137 cidades. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 753/2014.

Aprovação do governo

A pesquisa também mediu a aprovação do governo Dilma Rousseff. Segundo o levantamento, o índice dos eleitores que consideram o governo positivo permaneceu estável em 37,4%, ante 37,5% do início do mês, enquanto a avaliação negativa passou de 23% para 25,1%.

A avaliação do desempenho pessoal da presidente Dilma Rousseff recebeu aprovação de 51,4%, enquanto 43,8% desaprovam.

Rejeição

O percentual dos eleitores que não votariam de jeito nenhum na candidata do PT é próximo ao dos que rejeitam o governo, com 43,9%. Nesse ponto, a presidente voltou a ficar numericamente à frente do candidato Aécio Neves, que registra rejeição de 43, 2%. Marina Silva tem o menor índice, mas cresceu de 31% para 38,7% nesse aspecto.

Apesar da variação desfavorável, Marina ainda é a candidata que lidera em potencial de voto – 42,5% dizem que poderiam votar nela, ante 41,3% de Aécio e 28,8% de Dilma. A petista, no entanto, lidera a fidelização: 25,3% dizem que só votariam nela, contra 10,4% de Aécio e 15,7% de Marina. 
 

 
Terra