Aécio cobra posição de Dilma sobre compra de Pasadena

Aécio cobra posição de Dilma sobre compra de Pasadena

Em ato de campanha na Favela de Vigário Geral, na zona norte do Rio, o candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, cobrou nesta sexta-feira, 25, um posicionamento da presidente Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, sobre os prejuízos da Petrobras com a compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006.

"Acho apenas curioso que os diretores sejam responsabilizados e os membros do conselho (de Administração da empresa, à época comandada por Dilma) tenham tido tratamento diferenciado. Todos devem prestar esclarecimentos. Está faltando uma palavra da presidente sobre esse caso", afirmou.

 

Estadão