“Aécio ainda não foi absolvido”, diz Camila

“Aécio ainda não foi absolvido”, diz Camila

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) afirmou, nesta quarta-feira (18), que a decisão do senado federal que devolveu o mandato ao senador Aécio Neves (PSDB) deve ser vista com cautela, pois ainda não se pode fazer um pré-julgamento. Ela explica que ele não foi absolvido, mas continua a ser investigado.

“Acho que deve ser visto com cautela e não devemos misturar as coisas, porque a idéia que se passou é que Aécio estava sendo absolvido. Na verdade, não é isso que aconteceu, o senado permitiu que o senador continuasse exercendo seu mandato até que houvesse o julgamento”, argumentou.

No entanto, ela completa classificando o ato como um “voto de confiança dos outros senadores” e que Aécio Neves não deve prejudicar o andamento da justiça.

“Espero que o senador não desvie o povo de sua função no sentido de prejudicar as investigações, pois ele ganhou um voto de confiança dos outros senadores.Se ele fizer pra prejudicar o andamento do processo, ele não merece essa chance e  deve ser afastado”, explicou.

A parlamentar defendeu que a população cobre o prosseguimento do processo e que nenhuma idéia errada fosse divulgada, para que, caso seja comprovada a culpa do tucano, ele seja definitivamente afastado do mandato.

 

 

 

 

Juliana Cavalcanti – MaisPB