Advogado de 33 anos morre de infarto fulminante na Capital

Advogado de 33 anos morre de infarto fulminante na Capital

Faleceu na noite desta sexta-feira (20), em João Pessoa, vítima de um infarto fulminante, o advogado Rodolfo Toscano de Brito, 33 anos.

O advogado era sócio do tradicional escritório Toscano de Brito, e morreu em sua residência.

Ainda não há, até o momento, definição do local do velório e do sepultamento. Rodolfo Toscano de Britto deixa esposa e duas filhas, a filha mais nova nasceu há cerca de um mês.

Rodolfo Toscano de Britto era paraibano, nascido na capital, advogado, com especialização em Direito Público, doutor em Ciências Jurídicas. Em 2008 concorreu a um cargo de vereador em João Pessoa.

 

 

MaisPB