Adriano Galdino lamenta que deputados da oposição não participem de CPI’s na Assembleia Legislativa

Adriano Galdino lamenta que deputados da oposição não participem de CPI’s na Assembleia Legislativa

O deputado Adriano Galdino, presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, lamentou na manhã desta quinta-feira (21) o fato dos deputados da bancada de oposição não estarem participando de Comissões Parlamentares de Inquéritos (CPI), a exemplo das CPI’s da Telefonia Móvel e dos Pardais. “O verdadeiro papel de um deputado da oposição não é só fiscalizar o governo. O verdadeiro papel de um deputado é construir caminhos para dar aos paraibanos uma vida melhor”, afirmou.
 
O presidente da Assembleia destacou a importância social das CPI’s da Telefonia e dos Pardais, e que a oposição não exerce seu dever de contribuir com os assuntos de interesse da Paraíba. “A oposição só quer fiscalizar e criticar o governo e isso mostra que o papel da bancada oposicionista está menor do que deveria ser”, ressaltou Adriano Galdino.
 
A CPI da Telefonia, composta pelo presidente da Comissão o deputado João Gonçalves, a vice-presidente, deputada Camila Toscano e o relator, deputado Inácio Falcão, tem realizado sessões públicas em todo o estado da Paraíba e recentemente ouviu representantes dos Sindicatos dos Trabalhadores em Comunicação do Estado da Paraíba (Sinttel), da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), além de colher depoimentos da população e de autoridades em diversos municípios do estado.
 
No entanto, a CPI dos Pardais, que é de autoria do presidente da ALPB, Adriano Galdino e tem como objetivo investigar a cobrança indiscriminada de multas no trânsito de João Pessoa ainda será instalada na Casa. “Vou me reunir com os deputados e decidiremos quem presidirá essa CPI”, garantiu Adriano Galdino.

 

 

 

Assessoria