Acusado de envolvimento em acidente que matou filha de ex-vereador se apresenta; ele e motociclista serão indiciados

Acusado de envolvimento em acidente que matou filha de ex-vereador se apresenta; ele e motociclista serão indiciados

O motorista acusado de envolvimento no acidente que matou a filha do ex-vereador Pedro ‘Caminhão’, em Mangabeira na tarde deste domingo (19), se apresentou nesta terça-feira (21) na delegacia para prestar esclarecimentos. Tanto ele, quanto o condutor da motocicleta serão indiciados por homicídio culposo.

De acordo com o delegado Deusdete Leitão, o motorista é vigilante de uma escola pública no bairro de Mangabeira e esteve na tarde desta terça-feira (21), na delegacia para prestar esclarecimentos. o motorista afirmou que percebeu o acidente na hora, mas que ficou com medo de represálias por parte dos moradores da região.

O condutor também afirmou que não havia ingerido bebida alcoólica e sua versão do acidente é que ele teria ‘puxado um pouco’ para a direita para abrir caminho para o motociclista ultrapassar pela esquerda.

Leitão afirmou que espera diversos laudos como a perícia no carro, o resultado cadavérico e assim que tiver com todas as perícias em mãos, serão confrontadas as informações com a versão do motorista.

Tanto o motorista quanto o condutor da motocicleta, um jovem de 19 anos, que ficou ferido no acidente, serão indiciados por homicídio culposo (sem intenção de matar).

O delegado afirmou que o motorista estava habilitado e com o carro em dia. Ainda serão ouvidas as testemunhas, além da oitiva do condutor da moto para poder relatar e encaminhar para a justiça. 

 

 

 

Marília Domingues / Abrantes Júnior