Acusadas de matar e queimar criança são condenadas

Acusadas de matar e queimar criança são condenadas

As três mulheres acusadas de espancar até a morte e queimar o corpo de uma criança de 10 anos em Campina Grande, EM 2010, foram condenadas a mais de 20 anos de prisão, na noite dessa quinta-feira (4).

Maria da Guia Venâncio e Alzicleide Diniz da Silva foram condenadas a 22 anos e sete meses de reclusão, enquanto Maria Cristina Vieira dos Santos pegou 24 anos de prisão. Um homem acusado de participar do assassinato deve ser julgado em abril do ano que vem.

A vítima era adotada pelos réus e todos moravam em uma mesma casa, no bairro São José.

As três mulheres acusadas confessaram o crime e apontaram uma desobediência da criança como motivação do crime. Segundo as rés, a menina estava de castigo por causa de um mau comportamento, mas desrespeitou a ordem das acusadas e comeu parte de um pacote de biscoitos que estava escondido, o que teria motivado o crime.

MaisPB