Açude de Coremas tem apenas 6,5 por cento de sua capacidade

Açude de Coremas tem apenas 6,5 por cento de sua capacidade

O açude de Coremas, está com apenas 6,5% da capacidade total de armazenamento, segundo a Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). Ele é o maior reservatório de água do estado e forma o complexo Coremas Mãe D'água, que abastece cerca de 300 mil pessoas na Paraíba e mais 100 mil no Sertão do Rio Grande do Norte. A qualidade da água tem preocupado a população. 

O açude tem capacidade para cerca de 500 milhões de metros cúbicos de água, mas está com cerca de 30 milhões. Por conta do baixo nível de água, pescadores estão deixando de exercer a profissão.

O pescador Francisco das Chagas Lopes, 38 anos, disse que nunca viu o açude em um nível tão baixo e teme o que possa acontecer no futuro. “Pouca água. Se for do jeito que vai, em 2018 não vai ter um pingo de água nessa barragem”, disse ele.

A falta de água também tem prejudicado a agricultura. Francisco Pereira Almeida tem perdido toda a produção em sua propriedade rural e se preocupa com a qualidade da água. Ele usa a água de um poço artesiano furado por um vizinho para beber. “Preferi beber água do poço. Espero que melhore. Se Deus me der anos de vida, espero ver ele cheio de novo”, disse o agricultor.

A donda de casa Maria Almeida Lacerda disse, desde que percebeu que a qualidade da água do açude de Coremas começou a diminuir, tem usado ela apenas para lavar roupas e limpar a casa. “Parei de usar porque não dá mais. Tá suja e fedida”, destacou a mulher.

Na cidade de Coremas, o abastecimento é municipalizado. A prefeitura informou que foi aprovada a concessão para a Companhia de Água e Esgoto do Estado da Paraíba (Cagepa) fazer o tratamento da água e enquanto o serviço não começa, os próprios moradores vão ter que seguir cuidado da qualidade da água consumida.

 

 

 

 

 

 

G1