Ações integradas: Polícias reforçam segurança na divisa entre os Estado da Paraíba e RN

Ações integradas: Polícias reforçam segurança na divisa entre os Estado da Paraíba e RN
As polícias Civil e Militar da Paraíba e Rio Grande do Norte estão realizando ações integradas principalmente nos municípios que fazem divisas dois Estados.  As ações contam com tropas de várias unidades operacionais, inclusive com apoio do policiamento especializado. Em Jacaraú e Mataraca - no Litoral Norte paraibano - os carros e motos com placas do Rio Grande Norte foram parados em bloqueios policiais. De acordo com o capitão Alberto Filho, da 2ª Companhia Independente, as buscas foram para identificar pessoas que poderiam ter participado dos ataques e estariam fugindo pelas cidades de Montanhas, Nova Cruz e Canguaretama.

A mesma estratégia foi usada nas cidades de Patos, Várzea, São Mamede e Junco do Seridó, no Sertão. A segurança segue reforçada nesta quarta-feira (18), inclusive com ações integradas com policiais do Rio Grande do Norte. São mais de 30 cidades de divisa monitoradas pela Polícia Militar da Paraíba. 

Durante todo o dia desta quarta-feira (18) o secretário executivo da Segurança e Defesa Social, Jean Francisco Nunes, e o delegado geral da Paraíba, João Alves, participam de reuniões no Estado do Rio Grande do Norte (RN), com a presença da secretária nacional de Segurança Pública, Regina Mikki. O objetivo é discutir o apoio da segurança da Paraíba no fortalecimento das divisas entre os dois estados e ainda no Nordeste.

Segundo o secretário Jean Nunes, além de articular ações de caráter institucional, as reuniões proporcionam uma cooperação entre Paraíba e Rio Grande do Norte, assunto discutido diretamente com a secretária de Segurança do RN, Kalina Leite. “As forças de segurança da Paraíba reafirmaram o apoio ao estado vizinho que está passando por este momento de crise. Colocamos à disposição o trabalho de Inteligência, principalmente nas divisas com o nosso Estado. O que estamos também buscando é uma orientação de caráter preventivo, para que assim possamos diagnosticar qualquer foco de problema que possa acontecer em cidades da Paraíba”, afirmou.

Para o delegado geral, João Alves, a Paraíba levou para a reunião no Rio Grande do Norte a experiência da integração entre as forças de segurança. “A reunião foi realizada no Centro de Comando de Controle aqui do Rio Grande do Norte e a nossa intenção foi trazer apoio da Paraíba, da nossa experiência de integração e ainda fortalecer e retomar o trabalho da Divisa Segura”, disse o delegado geral.

 

 

 

 

Assessoria