637 pessoas foram detidas na Paraíba em 6 meses

637 pessoas foram detidas na Paraíba em 6 meses

A Polícia Civil da Paraíba cumpriu, de janeiro a junho de 2016, um total de 637 mandados de prisão e busca e apreensão em João Pessoa e no Litoral Sul e Norte do Estado. O levantamento inclui medidas cautelares solicitadas à Justiça com base em investigações policiais e que foram deferidas e executadas com sucesso, como prisões preventivas, temporárias e realização de buscas e apreensões pelas equipes das unidades distritais, especializadas e municipais. Os números também incluem as prisões em flagrante.

De acordo com o relatório do semestre, a equipe da Delegacia Especializada de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de João Pessoa foi responsável pelo cumprimento de 124 mandados de prisão e de busca e apreensão, seguida da Delegacia de Crimes contra a Pessoa (Homicídios) com 101 cumprimentos e 92 da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), que se destacou na prisão de suspeitos de estelionato na cidade.

Para o delegado da 1ª SRCP, Marcos Paulo Vilela, os números ratificam os resultados da Polícia Civil na repressão qualificada à violência. “As equipes policiais cumprem os mandados de prisão e de busca e apreensão diariamente, como resultado de investigações e inquéritos robustos e de qualidade. Assim contribuímos para a redução de homicídios e planejamos e executamos operações de sucesso, como a Shalom, no Litoral Norte da Paraíba, que foi finalizada no mês de junho e desarticulou dois grupos criminosos, prendendo 33 pessoas ao longo de meses de investigação efetiva. Também foram apreendidas armas e drogas”, frisou a autoridade policial, acrescentando que a Polícia Civil realizou 1.422 representações junto ao Judiciário.

 

 

 

 

 

Secom-PB