4ª edição Festival Curta Coremas premiou filmes paraibanos e nacionais em três mostras diferentes

4ª edição Festival Curta Coremas premiou filmes paraibanos e nacionais em três mostras diferentes
Foram quatro dias de cinema, quase trinta premiações e mais de quarenta curtas exibidos. Filmes produzidos em vários estados e regiões do país, além de filmes paraibanos, até as produções locais. A cidade de Coremas, no alto sertão paraibano, recebeu a quarta edição do Festival Curta Coremas, entre os dias 31 de Julho a 03 de agosto, no auditório do Colégio e Curso Santa Rita de Cássia. O festival que foi realizado pelo Coletivo Turbina Cultural, com patrocínio da Prefeitura Municipal de Coremas, além dos apoiadores do comércio local, os chamados amigos do festival.
As mostras competitivas foram divididas entre: Mostra Panorama Brasil, com produções oriundas de vários estados brasileiros, Mostra Mãe D'água, importante mostra do festival, que premia apenas filmes paraibanos, e finalmente, a Mostra Rio Turbinas, que abriu espaço para filmes com curtíssima metragem. A mostra infantojuvenil, exibida durante as manhãs do evento, foi pensada especialmente para aproximar o público jovem, da rede de ensino público, com a sétima arte. Já o “Cine Arrupio”, direcionado a alunos maiores de 16 anos, homenageou o cinema de horror, com curtas do gênero. 
Com o fim das exibições e mostras, a cerimônia de premiação que aconteceu neste domingo (03), premiou todos os apoiadores do festival com o troféu de menção honrosa "Amigo do Festival", por acreditar no trabalho e ajudar em todos os aspectos à realização do evento. Os alunos que produziram os curtas durante as oficinas também foram premiados com o troféu "Incentivo ao realizador", que tem como objetivo estimular novas ações locais e estreitar ainda mais os laços da população com o cinema. Dois curtas foram produzidos pelos participantes da oficina "Aprendendo a ler imagens em movimento" ministrada dias antes do festival pelo cineasta coremense Kennel Rógis, e exibidos no último dia de festival. 
s alunos Andressa Hellen e Kelven Pereira, dirigiram respectivamente, os curtas "Quimera" e "Lapso". Durante os intensos dias de Curta Coremas, a população participou de oficinas, assistiu a exibição de longas, prestigiou o espetáculo Clown Bar e ainda os curtas metragens concorrentes. Já os realizadores paraibanos puderam ver de perto a relação da população e suas produções, em um bate papo descontraído sobre o cinema e a produção audiovisual do estado ao fim de todas as exibições da Mostra Mãe D'água.