17 milhões devem fazer compras de Natal de última hora

17 milhões devem fazer compras de Natal de última hora

O brasileiro não perde o costume de deixar tudo para a última hora. Segundo estimativa do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 17 milhões de consumidores vão comprar os presentes de Natal na última semana antes da data. O número é maior que o registrado no ano passado: em 2013, 16,5 milhões deixaram as compras para a última semana.

De acordo com o levantamento, apenas 5% dos entrevistados vão deixar de comprar o presente a tempo, para aproveitar as liquidações de início de ano. O senso de oportunidade é maior entre os consumidores mais velhos. Entre os que têm mais de 50 anos, 13% vão deixar as compras para janeiro. Já os mais jovens têm pressa: o percentual dos entrevistados de 25 a 34 anos que vão esperar 2015 é zero.

A economista chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, alerta que fazer a compra em cima da hora pode ser ruim para o bolso: "se o consumidor deixa para comprar em cima da hora, acaba não tendo tempo para pesquisar preços e, consequentemente, desembolsa mais. Sem mencionar o risco dele não encontrar o produto desejado e ter que optar por um bem mais caro, comprometendo o orçamento", explica.


 

G1