'O voto aberto privilegia a corrupção. Com isso a imprensa vai legislar no nosso lugar", afirma líder da oposição na ALPB

'O voto aberto privilegia a corrupção. Com isso a imprensa vai legislar no nosso lugar", afirma líder da oposição na ALPB

O voto secreto contra o voto aberto. Esta tem sido a disputa dentro da Assembleia Legislativa da Paraíba. Enquanto a situação defende o fim do voto secreto, a oposição alega que é o voto secreto que garante a transparência do processo democrático do poder legislativo.

Para o líder da oposição na ALPB, Renato Gadelha (PSC), o voto aberto facilita a corrupção. Ele acredita que a decisão por revelar o voto dos parlamentares só privilegia o governo.

“Quando você adquire um produto você quer ter certeza que vai recebe-lo. Por meio do voto aberto, quem comprou o voto de um parlamentar fica sabendo se está recebndo aquilo pelo que pagou”, explicou.

O voto secreto ainda seria uma garantida de defesa dos deputados contra grupos de pressão como a imprensa.

“Se tivermos o voto aberto a imprensa vai legislar no nosso lugar. O voto secreto protege os deputados desta pressão”, concluiu o deputado.

 
 
 


João Thiago