'Estou de saída, não estou nem aí', diz Barbosa sobre debate de cota no CNJ

'Estou de saída, não estou nem aí', diz Barbosa sobre debate de cota no CNJ

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Joaquim Barbosa, disse após participar de sua última sessão no conselho na última segunda-feira (16) que tanto faz se haverá prosseguimento nos debates sobre criação de cotas para ingresso na magistratura. Barbosa anunciou há duas semanas que vai se aposentar até o fim deste mês.

Perguntado se a divulgação do censo do Poder Judiciário poderia levar a um debate sobre cotas dentro do CNJ, ele disse: "Não sei, não sei, não sei e estou de saída. 'Es ist mir ganz egal' [em alemão; na tradução em português 'para mim, tanto faz']. Não estou nem aí", afirmou, fazendo gesto de indiferença com as mãos.

O censo mostrou que há apenas 1,4% de juízes pretos (conforme definição de cor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) na magistratura. Um dos motivos da realização do estudo foi embasar a discussão no conselho sobre adoção de cotas para o ingresso na magistratura.

O presidente do STF e do CNJ foi questionado ainda sobre como foi sua gestão no CNJ, mas afirmou que a imprensa só noticia "coisa ruim".

"Houve um monte de coisas, só que vocês não noticiam, só noticiam coisa ruim. [...] Eu tenho um balanço, procurem a assessoria. Balanço de ordem financeira, orçamentária, de ordem administrativa, disciplinar, tem todos esses dados. Agora, vocês nunca querem saber", afirmou Barbosa.

O presidente do Supremo e do CNJ chegou para a reunião do conselho por volta das 9h e deixou o local perto das 19h. Na saída, abraçou e tirou fotos com servidores, que o aguardavam perto do estacionamento do tribunal.

180 Graus