'A ALPB sempre foi fechada e cheia de tabus que precisam ser quebrados', afirma deputado, que defende nova gestão

'A ALPB sempre foi fechada e cheia de tabus que precisam ser quebrados', afirma deputado, que defende nova gestão

O deputado estadual eleito Ricardo Barbosa revelou que encontrou, durante muito tempo, grandes dificuldades para conseguir informações essenciais na Assembleia Legislativa. Entre as informações que ele tinha dificuldade de encontrar estava saber o salário que recebia um deputado estadual.

“Assumi três vezes na Assembleia como suplente e nas três vezes encontrei muitas dificuldades para conseguir, até a posse, informações básicas como o salário de um deputado. A Assembleia sempre foi muito fechada e cheia de tabus que precisam ser quebrados”, revelou o deputado.

Ele afirmou que nesta nova gestão o objetivo será promover uma modernização no trabalho legislativo na Paraíba, fazendo as coisas de uma forma diferente, dando, por exemplo, maior publicidade às ações da Casa.

“As ações precisam ser publicizadas. Isso é obrigatório. As despesas do governo estão no sistema Sagres. A Assembleia também. A população, hoje, está mais cuidadosa, acompanhando estes gastos em tempo real”, disse.

 

No processo de modernização da Assembleia o deputado destacou o fato de que a chapa encabeçada por Adriano Galdino para disputar a ALPB quer agir diferente em relação à eleição para a segunda gestão da Mesa, que começa em 2017 e vai até 2018.

“Será uma gestão totalmente diferente. São 13 pessoas que montam uma chapa. Nós teremos 26 deputados diferentes assumindo papeis na organização da ALPB. Será algo totalmente diferente, pois a chapa de agora será uma e a que assume em dois anos será totalmente diferente”, concluiu.


João Thiago