Transposição deverá contratar mais de 2 mil novos funcionários até outubro

02/08/2013 09:38
Transposição deverá contratar mais de 2 mil novos funcionários até outubro; ConfiraCom a conclusão das duas últimas licitações das obras complementares da transposição do Rio São Francisco, cerca de 2 mil pessoas devem ser contratadas até outubro para tocar a construção, que deveria ser entregue no fim deste ano. De acordo com o Ministério da Integração Nacional, as frentes de serviço que passam por Mauriti, no Ceará; São José de Piranhas e Monteiro, na Paraíba; e Sertânia, em Pernambuco, serão intensificadas.
 
O projeto que prevê a distribuição de água para quase 12 milhões de pessoas em 390 municípios do Nordeste. O custo inicial era de R$ 4 bilhões e, agora, o valor supera R$ 8 bilhões. Além disso, a previsão de conclusão é 2015.
 
No início desta semana, o Ministério concluiu a licitação da chamada 3 Leste do empreendimento. "Na próxima semana já vamos emitir a primeira ordem de serviço do último trecho do Eixo Leste, em Monteiro (PB)", informou o ministro Fernando Bezerra Coelho, durante o programa Bom Dia, Ministro, transmitido na manhã desta quarta-feira (31).
 
A próxima licitação a ser concluída, nesta semana, é da chamada 3Norte, que contempla os antigos lote 6, em Mauriti (CE), e lote 7, em São José de Piranhas (PB). Com mais esta conclusão (Meta 3Norte), os serviços deste trecho serão retomados e a obra do Projeto de Integração do Rio São Francisco estará totalmente remobilizada.
 
Atualmente, mais de 5.800 pessoas trabalham na construção de canais, aquedutos, túneis, barragens e estações de bombeamento que vão levar água e garantia hídrica aos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Além do trabalho 24 horas por dia em alguns pontos do empreendimento, o Governo Federal também possui 600 profissionais atuando na fiscalização, supervisão e gerenciamento do Projeto São Francisco.
 
Fonte: blogdejamildo