Prefeito de Piancó perde mais um vereador e enfrenta problemas com a Justiça Eleitoral

02/08/2013 11:03

imagesA novidade na sessão da Câmara de Piancó na noite dessa quinta-feira, 1º, foi o rompimento político do vereador Hermógenes Xavier, do PTN, com o prefeito Sales Lima (DEM). É mais um parlamentar mirim que deixa a base legislativa do gestor municipal, que agora fica com minoria na Câmara.

Com a saída do parlamentar, a oposição fica com seis dos onze vereadores, embora Hermógenes diga que vá ter uma postura de neutralidade na Câmara. Sua ruptura teria sido motivada por uma suposta insatisfação de sua filha na atividade no SAMU, onde exerce um cargo de chefia e estaria sofrendo algum tipo de ingerência e hostilidade, conforme apurou a Folha (www.folhadovali.com.br).

Além dos problemas no legislativo, com a perda do segundo vereador em dois meses, o prefeito também enfrenta problemas na Justiça Eleitoral. Ele responde a uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) movida pela coligação que perdeu o pleito. Depois de sucessivos adiamentos, a primeira audiência do caso está marcada para esta segunda-feira, 5, mas a parte contrária permanece temerosa de que os advogados do prefeito arrumem mais um artifício para atrasar o andamento processual.

A ação contra Sales é por suposta captação ilícita de recursos financeiros para a campanha e compra de voto, e, apesar do processo já ter nove meses, nenhuma audiência foi realizada até agora. “É bom que a Justiça Eleitoral esteja atenta a esse tipo de manobra do prefeito e seus advogados, que fazem de tudo para atrasar o processo e ficar impune ou ser julgado somente depois que cumprir o mandato”, lamentou o vereador Neguinho.

Fonte: Folha do Vale